Porque é tão difícil de largar o açúcar?

Oi, gente!

Para quem não sabe, ano passado me formei em Design de Moda, na Udesc e apresentei meu TCC  com um tema que falava sobre como o vício em açúcar, drogas, álcool e entre outros, pode ser substituído pelo vício em esportes. Para explicar melhor, tirei um trechinho do texto para vocês:


“Buscar recompensas, ou seja, sensações internas de bem-estar, faz parte da programação do nosso cérebro. Nosso corpo tem a capacidade de memorizar prazeres e avaliar potenciais situações de satisfação em certos comportamentos a partir do Sistema de Recompensa Cerebral. Tal sistema é ativado em qualquer atividade que nosso cérebro considere prazerosa, o que irá liberar uma dose de hormônios chamados dopamina, que causam o bem-estar. Com isso, a sensação de prazer é registrada em nossa memória e consequentemente, definida como uma situação de sucesso, o que nos motiva a repetir tal comportamento futuramente (ROSSA, 2012).”

Mas o que eu quero dizer com isso?

Nosso corpo é programado para buscar recompensas correto? Sendo assim, quais substâncias que aumentam nossos níveis de felicidade? Bem, isso depende de cada um, para uns é o alcool, outros as drogas e outros o açúcar!

Para ter um noção, muitos estudos comprovam que o vício em açúcar é realmente semelhante a vício em drogas. Para entender melhor como isso acontece:

“Tomamos como exemplo a indústria alimentícia. Segundo Sawaya, a combinação dos ingredientes da dieta moderna pela indústria alimentícia,  que correspondem ao açúcar, gordura e sal, quando misturados em uma certa dosagem, tem efeito somatório na produção dos “hormônios da felicidade”. Esses componentes, quando combinados, tem o poder de causar no consumidor um efeito estimulante por um longo período, através da liberação prolongada de dopamina induzindo ao cérebro a lembrar-se sempre da sensação prazerosa causada por tais alimentos.”

Ou seja, livrar-se do açúcar é as vezes tão complexo quanto livrar-se de uma droga. Sendo assim, o bom é buscar outras coisas que te deem o mesmo prazer que essa substância dá, como no caso dos exercícios físicos de alta intensidade!

cebreo

Muitos estudos compravam que os exercícios físicos podem sim causar efeitos semelhantes a essas outras substâncias. Quando feitos em alta intensidade, como HIIT, corrida e entre outros que elevem bastante o batimento cardíaco, causam uma sensação de euforia no cérebro:

Sendo assim, para quem realmente tem dificuldade em livrar-se do vício, tente antes incluir uma rotina de exercícios nesse estilo! No início pode parecer complicado, mas depois vira hábito e você vai agradecer por estar viciada!

Por fim, encontrei esse vídeo que é muito interessante sobre o assunto!

Espero que tenham gostado!

Beijinhos,

Gabi

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *