Deixa a borboleta voar

Esse final de semana vi um filme chamado “Os homens são de Marte e é pra lá que eu vou!”. O longa tem como protagonista Fernanda, uma mulher de 40 anos, magra, bonita, bem sucedida e à espera de um amor – a espera não! – à procura desenfreada! Fernanda passa o dia, literalmente, caçando homens. Ela ainda diz que não tem vocação para ser feliz pois não encontra seu príncipe, deixando subentendido que relacionamento é sinal de felicidade. Recordo-me de uma cena em que ela está com sua irmã e faz o seguinte comentário “Nós mulheres buscamos três coisas na vida: Família, Amor e Trabalho, porque será que a falta de uma coisa desvaloriza tanto as outras?”

111

Você, mulher, com certeza conhece ou já passou por isso: Você pode ser bonita, inteligente, ter dinheiro e mil e uma qualidades mas, se o amor ainda não aconteceu para você, sua vida não está completa. Quem não tem aquela amiga que o único assunto gira em torno de quem acabou de conhecer, com quem vai sair ou que tem alguém para te apresentar? Quem também nunca passou da dose diária de falatório de homem e levou uma bronca da coitada que não aguentava mais ouvir? Culpadas ou inocentes, com certeza todas nós já passamos por isso em alguma situação!

66

Não me entenda errado, todos nós queremos uma companhia, o meu ponto são aquelas pessoas que vivem em busca dela. Já ouviu aquele ditado “Para mulher casada, não falta marido”? Exatamente! A mulher casada não está a procura! Ela sai na balada para dançar, não para caçar. Ela procura o horário da academia que feche com suas atividades, não o que tem mais “gatinhos”. Ela não desmarca um jantar com as amigas para ficar com o boy que conheceu há duas semanas. Isso não quer dizer que ela vai sempre ter alguém a seus pés, mas sim que ela não precisa.  38adc9828ca9a54c3807bad3035cafb0

Não é um relacionamento nem alguma pessoa que vai trazer felicidade para a sua vida – muito pelo contrário! A necessidade desenfreada por achar alguém para preencher um vazio só mostra o quão urgente é uma mudança em nossa rotina! Pessoas com objetivos, metas e paixões na vida estão muito ocupadas para ficar focando suas energias em outra pessoa!

O foco de nossa vida, agora e sempre, deve ser nós mesmas. Encontre sua paixão, faça um curso, vá para lugares diferentes e enfim, divirta-se! Aproveite a vida da melhor forma possível e apaixone-se por si própria. Já dizia Mario Quintana: “O segredo é não correr atrás das borboletas… É cuidar do jardim para que elas venham até você.” Então relaxe um pouco e pare de correr atrás… Quem sabe um dia ela não pousa no seu ombro? :]

c92b7918491c4aff5b170e0c806cdda5

4 Comentários Deixa a borboleta voar

  1. isaacwisllas@gmail.com'Isaac Wisllas 28 de outubro de 2015 às 4:49 PM

    Tenho uma amiga que sempre diz a mesma frase; “Já tomou sua dose diária de amor próprio?”

    Responder
    1. Gabriela Bez 29 de outubro de 2015 às 5:11 PM

      Boaaa!! Amor próprio é o nosso primeiro e último! <3

      Responder
  2. milenafalcaovs@gmail.com'Milena 22 de novembro de 2015 às 7:25 PM

    O mais trivial sobre esperar achar a nossa metade é que toda relação não passa de um reflexo de nós mesmos no outro, então você nunca encontrará uma pessoa cheia de amor se for uma pessoa vazia.

    Responder
    1. Gabriela Bez 23 de novembro de 2015 às 1:06 PM

      Com certeza! Amor próprio é um dos segredos dos relacionamentos mais duradouros <3

      Responder

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *