Bullet Journal: Como organizar sua vida

Oi, gente!

Ando bem sumida por aqui né? Confesso que achava que estava sem tempo ou sem criatividade mas, a verdade mesmo é que acho que estou sem organização. Início/final de ano é aquela coisa: A gente demoooooora pra engrenar no trabalho, na alimentação enfim, na vida né? Hahaha!

Bem, pra mim, uma das coisas mais difíceis é a organização. Eu sempre fui aquela criança em que a mãe já cansou de mandar arrumar o quarto e que só aos 24 anos foi aprender que a “cama organizada deixa o ambiente organizado”. Não que eu seja muito desorganizada mas, eu tenho muita dificuldade em manter uma consistência (tipo o hábito de manter uma agenda diária) e de manter uma rotina de tarefas. Porém, eu sempre achei de extrema importância ter as coisas no papel tanto as coisas que a gente já fez (porque a gente esquece) tanto as coisas que faltam (metas a vista são mais fáceis de serem atingidas!).

Contudo, ano vai, ano vem, mas não termino uma agenda. Não sei porque mas, a única agenda que já deu certo comigo eram aquelas que mostram a semana inteira sabe? Eu sou extremamente visual e aqueles formatos fechados nunca foram as melhores opções pra mim. É por isso que comecei a escrever todas as minhas coisas em um caderno comum, do jeito que eu achava melhor. E funcionou.

Porém, essa semana comecei a organizar minhas coisas e por acaso me deparei com o tal de Bullet Journal, vocês já ouviram falar? É um novo método de organização que promete organizar tudo em um só lugar e, segundo as palavras do criado, ele é perfeito para “rastrear o passado, organizar o presente e se preparar para o futuro”.

Mas afinal, o que é esse tal de Bullet Journal?

Percebendo que as pessoas estão cada vez mais voltando ao papel para se organizar, o designer Ryder Carrol criou o método Bullet Journal para se organizar. Com um sistema de símbolos que designam o que cada informação significa, o método de Carrol se popularizou e ganhou adeptos do mundo inteiro. Achei nesse blog um exemplo bem legal de como funciona a simbologia:

content_legendasEsse sistema facilita a divisão e auxilia na demanda de prioridades. Eu particularmente ainda não adotei toda essa parte de símbolos e acabei fazendo um pouco mais simples. E isso é o legal desse método: Você pode customizar do jeito que bem entender!

Como fazer?

Para começar o seu Bullet Journal, escolha um caderno! Geralmente os mais utilizados são os moleskines (aqueles de capa dura, sabe?) sem pauta ou pontilhados. Porém, você pode usar qualquer caderno que vai dar certo! Eu peguei um antigo que não usava mais, arranquei as folhas e comecei ali mesmo! Além do caderno, se você é bem visual que nem eu, sugiro que compre umas canetas coloridas, facilita a visualização e deixa o bullet bem mais bonitinho.

Depois disso você vai começar pelo Índice. Como terão muuuitas páginas por vir (eu ouvi amém?), é legal começar a sua vida organizada com um index para auxiliar onde está cada coisa. Eu vou mostrando pra vocês como eu fiz para vocês terem uma ideia, ok?

IMG_0034

Na página seguinte, eu coloquei meus objetivos para o ano. É legal colocar assim no início para toda vez que abrir o caderno, lembrar das minhas metas! Eu escolhi fazer um caderno tanto pro pessoal quanto para o profissional, então coloquei metas para as duas coisas!

IMG_0037

O legal do Bullet é que você pode ir adicionando as páginas que você quiser: Se não quiser colocar os objetivos, não precisa (apesar de eu achar essencial)! Se quiser adicionar uma página de desejos, de livros que quer ler, de hábitos que quer adquirir ou qualquer coisa que brote da sua criatividade, mãos a obra!_IMG_0048

Depois dos objetivos, eu coloquei o que chamam de “Future Log”, que é o calendário anual. Ali serão colocadas as coisas mais importantes do ano, como no meu caso coloquei o processo de criação de coleção para a Êxtase e os eventos que pretendo fazer alguma ação. Deixei um espaço de Notas também para coisas que quero fazer no ano e que ainda não defini um mês.

IMG_0043

Passando o calendário anual, é hora de passar para o calendário mensal. O método ensina a escrever todos os dias do mês na vertical e ao lado os dias da semana. Aqui no site mostra exatamente como eles fazem mas, vou mostrar como eu fiz:

_IMG_0046

Também coloquei um espaço para as notas, caso apareça algo que ainda não tenha data definida. Na página seguinte, eu coloquei a minha To do List do mês ou seja, todas as coisas importantes a serem feitas esse mês. Ao lado, deixei um espaço para as ideias que eu tiver. Aí então eu começo o meu calendário semanal.

Acabou que eu escrevi até o dia 31 de janeiro, para ver como vai ser o mês. Porém, eu queria ter feito uma To Do List antes de cada semana, mas esqueci 🙁 Como o meu caderno é costurado, não dá pra ficar arrancando folhas, então eu resolvi organizar meu calendário semanal com post-its, sendo os cor-de-rosa para o pessoal e o amarelo para o trabalho. Escrevo neles o que preciso fazer naquela semana e vou preenchendo os dias conforme as tarefas vão sendo feitas:

_IMG_0056

E aí então eu vou preenchendo o meu Bullet Journal conforme os dias vão se passando! Com certeza é um método prático, barato e versátil, que dá pra personalizar e deixar do jeito que você quiser!

E aí, curtiram? Bora ser mais organizada em 2017?

Gabi

4 Comentários Bullet Journal: Como organizar sua vida

  1. Tabattaasp@gmail.com'Tabatta 16 de janeiro de 2017 às 1:38 PM

    Achei muito legal e interessante! Eu que adoro um papel e uma caneta vou tentar fazer também. 😉

    Responder
    1. Gabriela Bez 16 de janeiro de 2017 às 6:12 PM

      Que bom que gostou Tabatta! Depois me conta como ficou!! <3

      Responder
  2. leia.reiis@gmsil.com'Léia Reis 17 de janeiro de 2017 às 8:17 AM

    As suas dicas são maravilhosas, obrigado linda ❤

    Responder

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *