A busca pelo equilíbrio pós #projeto10

Oi, gente! Semana passada o blog passou por alguns probleminhas, mas agora já está tudo certo! Para começar bem essa segunda-feira vou contar para vocês um pouquinho do que mudou na minha rotina desde o projeto!

Para quem não sabe, há dois meses atrás eu completei uma meta que havia definido para mim: Alcançar um percentual de gordura super baixo, com uma dieta restrita e um treinamento pesado. Falei bastante sobre o que fiz e os resultados que cheguei em alguns posts e esse havia sido o resultado:

antesmini0on

Atualmente, estou mais parecida com a foto de antes e sigo um outro estilo de treino e dieta que, particularmente, me sinto melhor.

Antes de contar qualquer coisa para vocês, quero que entendam que sou apenas uma designer que curte esse lifestyle, não tenho formação alguma e de jeito nenhum estou mandando vocês copiarem o que faço… Quero só mostrar o que, para mim, está funcionando já que vocês sempre perguntam o que eu fiz para chegar onde estou hoje!

Dieta

Hoje em dia eu não me proíbo de nada, mas isso não quer dizer que eu saia comendo tudo o que vejo pela frente! Estou comendo carboidrato á noite, um pedacinho de doce quase todo dia, açaí quase sempre também, algumas geladinhas quando eu saio e uma a duas vezes por semana uma jaca sensacional! A grande sacada está nas porções: Quando eu não comia nada, na oportunidade de jacar eu comia tanto que passava mal! Hoje, como não tem aquela questão da proibição, eu estou mais controlada, consigo comer um pedaço ou uma porção pequena e já me satisfazer!

A dieta do projeto era extremamente restritiva e sem muita variação. Não posso negar que ela tenha dado muito resultado, porém ao meu ver, existem muitas outras coisas que valem mais a pena do que um corpo perfeito. Voltei a comer iogurte, granola, açaí, leite e entre outras coisas que não são consideradas extremamente “saudáveis”, mas que para mim, fazia falta! Prefiro ter um corpo bonito e uma cabeça mais tranquila do que um corpo perfeito e uma noia diária!

Treino

Na época do projeto só estava fazendo musculação, com muito peso e pouco cardio. Depois de completar a meta, resolvi incluir um pouco de circuitos no meu treino, por exemplo: Se antes eu só fazia um agachamento bem pesadão, hoje eu agacho com peso e depois agacho sem peso pulando em cima do bosu. Nos treinos de braço, incluí dois exercícios juntos [tríceps + costas] seguidos de um abdominal, com pouco descanso e muita intensidade. Esse estilo de treino de explosão, misturando força + cardio, mudou muito o meu surf. Se antes eu quase morria, agora tenho mais fôlego, mais agilidade e demoro para cansar.

Conclusão

Em questão de treino e dieta, não existe muito bem o que é certo, pois cada pessoa é de uma forma física e psicológica. Tem gente que consegue viver de frango com batata doce, eu já prefiro um açaí completo do que uma bunda perfeita. A vida é feita de fases, as vezes queremos aproveitar mais as coisas boas da vida, as vezes queremos ver até onde nosso corpo pode chegar… O importante é estarmos felizes! Encontre aquilo que mais se encaixa com você, mas nunca se esqueça que o melhor [e mais difícil!] caminho é sempre o do meio!

5134aa2d017ac67c80c65421e5e8f73d

Beijinhos,

Gabi

 

4 Comentários A busca pelo equilíbrio pós #projeto10

  1. maagalante@hotmail.com'Margarita 21 de setembro de 2015 às 5:27 PM

    E aí Gabi! Realmente é muito mais saudável manter a mente sã do que ficar na paranóia da dieta. Com ou sem 10% de gordura corporal te acho linda! Vc podia fazer um post sobre seu estilo skateboard, sobre as marcas de roupas mais legais e confortáveis pra andar de skate e tal, eu ia adorar..

    Responder
    1. Gabriela Bez 29 de setembro de 2015 às 1:34 PM

      Oi Margarita! Obrigada pelo elogio <3 Vou pensar num post assim! Beijinhos!!! 🙂

      Responder
  2. viviallievi@hotmail.com'viitoria allievi 15 de dezembro de 2015 às 1:19 PM

    Você é demais, serio.

    Responder

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *